nirvana my girl

Loading...

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

AMOR







Fez-se latão, o que parecia cobre
Fez-se pobre, o meu galardão
Fez-se medíocre, o que parecia nobre
Fez-se podre, o que parecia são.

Fez-se fétido, o que rescendia à incenso
Fez-se amargo, o que parecia mel
Fez-se triste, o amor que parecia imenso
Fez-se inferno, o que parecia céu.

Fez-se de barro, os pés do ídolo amado
Fez-se borrão, em território imaculado
Fez-se profano, o altar de tantos cultos
Fez-se heresia, o que lograra ser santificado.

E assim, máscaras caídas, sorrisos desfeitos
Colocando à mostra, fealdades e defeitos
Mazelas, covardias, omissões, falsos conceitos...

Sepultados estão todos os sonhos e direitos
Secionado está finalmente o tumor
Que me corroia aos poucos...em nome do amor!

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

KAREN,sempre tua flor



Tu és a mais bela flor
Uma linda rosa perfumada
Vermelha é a tua cor
Uma cor apaixonada


As tuas pétalas são aveludadas
E os teus espinhos podem fazer sangrar
O teu amanhecer tem a frescura do orvalho
E os teus carinhos fazem os olhos brilhar

Cores tens muitas e variadas
Tamanho do sentimento nunca é igual
Mas uma coisa terás sempre
A inspiração que é sempre divinal

Poder  fazer uma declaração de amor
E falar de toda a paixão
És uma bela rosa misteriosa
E o teu espinho nunca fere a minha mão

És mágica e esplendorosa
És a musa da minha inspiração
És a força da minha escrita
És as palavras do meu coração