nirvana my girl

Loading...

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Homenagem a Diogo Mendes...


Homenagem a Diogo Mendes

Nenhum filho deve ser enterrado antes dos pais, e é uma triste realidade que tem acontecido...
Esse mês perdemos o tão amado e querido Diogo Mendes, filho primogênito de Nelson Mendes...
Ainda estou perplexa com essa lamentável perda...
Tenho certeza que o jovem Diogo trouxe muitas alegrias para quem esteve ao seu lado...
E tenho mais certeza ainda que era o grande orgulho da mãe e do pai...
Apesar da dor e do vazio que fica no peito, lembrem-se sempre dos bons momentos que tiveram ao lado desse menino de ouro...
Lá do alto ele está olhando para os pais e com certeza pensando:
“Mãe, posso não ter sido o filho perfeito, mas você me ensinou muitas coisas e valores que guardo em minha memória e dentro do meu coração... e mesmo através de erros e acertos, vencemos muitas batalhas e dificuldades juntos. Obrigado por ser essa rainha guerreira, e como uma leoa, me defendeu e me protegeu... TE AMO PARA SEMPRE!”
“Pai, apesar da distância, todos os momentos que passamos juntos foram os melhores e cada momento foi único, e para sempre estarão guardados em minha memória... Obrigado por tudo. TE AMO PARA SEMPRE!”
A saudade será eterna, mas sempre nos lembraremos de você como um garoto fantástico!
Diogo Mendes, descanse em paz...

Saudades eternas...

sábado, 12 de setembro de 2015





Dia haverá que, ao acordar de manhã,
pensarei em outras coisas que não sejas tu.
Que não indagarei mais o porquê,
Que terei transcendido esta saudade.
Que não sentirei por ti mais nada,
nem ao menos amizade...
Enganas-te e enganas-me com tua segurança
Quando dizes que não pensarás mais em mim um só momento
Nunca serei pra ti mera lembrança
E isso desde quando invadi teu pensamento.
Instalei-me nele, sorrateiro, astuto,
No frágil instante em que com medo estavas
De entregar-te inteira a um prazer soluto
Que do teu corpo, em explosão, brotava.


Dia haverá que não precisarei mais
saber como tu tens passado:
se feliz ou triste, se contente ou amuado.
Que não perguntarei mais de ti
a ninguém, porque pouco me importará
se estiveres passando mal ou bem...
Nem que não queiras te dirão os outros
Que infeliz vagueio pelo mundo
Do dia em que fiquei sem os teus beijos
Que, deliciosos, me marcaram fundo.
Que em minha boca ainda aparecem os traços
Louca de amor deixaste nela os dentes
Nas minhas costas as marcas dos abraços
Fúria de fêmea ... sensual, pujante


Dia haverá que não pedirei mais a Deus
que tu me escrevas, que me ligues,
me procures ou dês sinal de vida.
Que não abrirei mais as cartas na mesa,
no afã de encontrar uma saída.
Que não precisarei mais te contar os detalhes
aqui da minha lida...
Abrirás sim, todas as cartas
Na ânsia cega de saber de mim
Me contarás com as vogais exatas
Tudo que sofres por estar assim.
Sempre gostei de saber-te a lida
Dá-te prazer contar-me as coisas tuas
Sou parte integrante dessa tua vida
Somos um só ... os dois de almas nuas

Dia haverá que tu estarás banido da minha mente,
do meu destino, das minhas noites insones.
Que conseguirei olhar as estrelas,
sem chorar e sem gritar teu nome.
Que terei me sobreposto e dizimado este fadário
Na última lágrima,
Na última conta do meu rosário.
Olhando as estrelas certamente lembrarás
Foram pra nós o palco de alegria e dores
Sob elas juramos nos amar
Sob seu brilho enxergamos nosso mundo em cores.
Cada lágrima tua juntou-se a uma minha
E assim um mar onde hoje brilha a Lua
Tu não consegues caminhar sozinha
Gritou pra sempre : "Serei somente teu !"

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

S2 A Vida É Bela! S2



A Vida é Bela!

Não espere um sorriso para ser gentil.
Não espere ser amado para amar.
Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de quem está ao seu lado.
Não espere ficar de luto, para reconhecer quem hoje é importante para você.
Não espere o melhor emprego para começar a trabalhar.
Não espere a queda para lembrar-se do conselho.
Não espere a enfermidade para reconhecer quão frágil a vida.
Não espere ter dinheiro aos montes para então contribuir.
Não espere por pessoas perfeitas para então se apaixonar.
Não espere a mágoa para então pedir perdão.
Não espere a separação para buscar a reconciliação.
Não espere por elogios para creditar em si mesmo.
Não espere pela dor para acreditar na oração.
Não espere o dia de sua morte sem antes...
Seja sempre você, autêntico e único.
Acredite na vida!


Que Deus abençoe a todos nós!

quarta-feira, 9 de setembro de 2015










Desculpem minha ultima postagem
Mas filho nenhum deve morrer antes dos pais
17anos,era muito novo
vou com o tempo recuperar e escrever de amor de novo
Afinal,tenho amor na minha vida e amo
E preciso e tempo,para recuperar,chorar,tudo,que seja necessário
Quem e pai entende isso
Quem nao e,entende a mesma
Como me disseram,quem passou por isso,continuamos vivos
Nao me sinto,neste momento,mas tempo deve ajudar nisso
Espero que sim
Nao escrevo mais coisas mordicas,desculpem,quem le o blog
Mas nao estava bem,espero que entendem,perdr um filho nao e facil,tao novo
beijos e abraços a todos





















terça-feira, 8 de setembro de 2015

O Problema de Agradar...


O problema de agradar...

Como é difícil nós querermos fazer o que a gente tem vontade, mas no meio do caminho, a gente para e pensa:
“Bah, mas será que o que eu vou fazer vai agradar a todos?” e no fim das contas acabamos por não fazer nada por medo do que os outros vão pensar, não é mesmo?
O tal problema de agradar...
Ah, mas e se...
Ah, mas tem isso e aquilo...
Aí, no fim das contas, acaba por agradar a uns, e desagradar a outros...
Eu já cansei de querer fazer algo pensando em agradar aos outros, agora eu faço o que me der vontade, e já não penso mais no que os outros vão pensar...
Afinal de contas, não dá para agradar a todo mundo...
Se você tem vontade, faça, não está afim, não faça... mas analisando sempre se o que você for fazer não vai prejudicar a ninguém e nem te prejudicar...
Nem Jesus agradou a todos, mesmo assim, Ele fez o que precisava fazer...
Até para falar “umas verdades” muitas vezes não é lá muito agradável, mas é preciso fazer... fazer o quê...
Faça o que quiser fazer ou o que precisar ser feito, mesmo que não agrade a todo mundo...


Que Deus abençoe a todos nós!

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Aviso

Devido a problemas pessoais, o Nelson passou toda a responsabilidade do blog para mim...
Eu sou a nova dona do blog...
Manterei todos os textos antigos, e tentarei, a pedido dele, manter mensagens românticas, de amor e reflexão...
Um grande abraço a todos, Lyah Lemos (Ly L)

sábado, 5 de setembro de 2015

Nao aceito!





Buda
Todos os seres vivos tremem diante da violência. Todos temem a morte, todos amam a vida. Promete você mesmo em todas as criaturas. Então, a quem você poderá ferir? Que mal você poderá fazer.

Buda que se F.........,nunca deve ter tido um filho

Filhos devem viver mais que os pais,17 anos e muito novo
Não aceito isso

Parei com romantismos
Para que???,só sofremos,seja amor de mãe,pai,ou amor de homem e mulher
Não,não quero mais,a quem diga que perdi a razão,mas quem não perde???
que pai sobrevive ao filho???

Mas me chega,não acredito em Deus,que Deus e esse???
venha o diabo e me leve,o espero
Falo apenas por mim,era meu filho

pode ser que um dia escreva mais ,se me pedirem
para agora deixo o blog a Ly,isto e um blog de amor e esperança
nada que posso ajudar agora
meu filho morreu ontem,por isso não penso mais nisso

Ela escreve bem a aceitem como fosse eu,já viram ela aqui,embora escreva diferente
vou pedir para escrever mais romântico,em vez de pensar,reflexão